WLM Itaipu

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social
 
O maior desafio das organizações, nos dias atuais, é desenvolver seus produtos e serviços de forma sustentável, sempre preservando os recursos naturais e o meio ambiente e ao mesmo tempo garantindo meios para assegurar sua sustentabilidade. E, isso, é uma responsabilidade de todos – governos, sociedade, empresas e cidadão comum.
 
Nós da Itaipu estamos conscientes dessa responsabilidade. E por isso estamos fazendo nossa parte: cuidamos do meio ambiente, cuidamos de nossa gente e damos nossa contribuição à sociedade em que estamos inseridos.
 
VivaVôlei
 
O VivaVôlei é um Projeto de iniciação ao voleibol cuja diretriz é educar e socializar meninos e meninas de 7 a 14 anos através do esporte. O Projeto foi iniciado em 1999 pela Confederação Brasileira de Voleibol, a entidade máxima da modalidade no país e em 2003 a CBV criou o Instituto VivaVôlei para gerenciar o Projeto.
 
O projeto VivaVôlei instituiu, para educar e socializar através da aprendizagem do voleibol, o “mini-vôlei” como um método de iniciação simplificado e adaptado às capacidades e necessidades das crianças, tendo como princípio básico a formação lúdica, com formação de turmas mistas, adequação do tamanho da quadra, do peso da bola, altura da rede e das regras do jogo a esta faixa etária.
 
Desde 2003, a Itaipu participa ativamente do VivaVolei. O núcleo patrocinado por ela está localizado em Contagem/MG no Bairro Eldorado.
 
Arrecadação de alimentos e doações

Através de eventos sociais realizados em Assembléia de Consórcio (encontro mensal de vendedores de veículos e clientes consorciados), a Itaipu promove a arrecadação de alimentos para comunidades carentes: a cada 5 kg de alimentos doados pelos consorciados, a Itaipu e a Scania doam mais 15 kg, atuando com comprometimento e preocupação com a sociedade. 
 
No período natalino, são realizadas doações de cestas básicas pelos colaboradores a entidades carentes, sendo o valor descontado em folha. A contribuição de todos também se estende ao Projeto “Papai Noel dos Correios”, no qual são atendidos os pedidos de inúmeras crianças que escrevem para o Papai Noel
 
Inserção de Aprendizes e Portadores de Necessidades Especiais (PNE´s) na Itaipu
 
Como forma de promover a inserção de jovens carentes e portadores de necessidades especiais no mercado de trabalho, auxiliando na prevenção à criminalidade, quebra do preconceito e proporcionando desenvolvimentos profissional e pessoal, a Itaipu oferece aos adolescentes a oportunidade de realizar atividades em diversos setores da empresa, como Menores Aprendizes. Eles são assistidos e com vínculo empregatício com o CESAM (Centro Salesiano do Menor). As atividades são desenvolvidas em horário diurno e em setores não perigosos, com acompanhamento da Supervisão, que avalia a freqüência e o desempenho do aprendiz dentro do Programa de Aprendizagem.
 
Com o objetivo de contribuir para a inclusão dos PNE’s (Portadores de Necessidades Especiais) no mercado de trabalho, a Itaipu incentiva e busca cumprir a meta na contratação de deficientes, em um ambiente de trabalho aberto, inclusivo e acessível.